Um site do Instituto João Calvino em parceria com o CLIRE

sábado, janeiro 22, 2022

Dia do Senhor 30

Dia do Senhor 30 [Sermão 01]

Eu acredito que todos vocês já saibam que nem todo mundo que visita a nossa igreja pode participar da Santa Ceia. Normalmente, quem pode participar da Santa Ceia nesta igreja são os nossos membros comungantes, e os membros comungantes das demais igrejas da nossa confederação.

Dia do Senhor 30 [Sermão 02]

É uma grande benção para o povo de Deus participar da mesa do Senhor. Na santa ceia, o Senhor se aproxima de nós com sua presença graciosa para nos relembrar e ensinar, pelos sinais de pão e vinho, que o seu corpo foi entregue na cruz e seu sangue derramado para nos conceder completo perdão dos pecados. Também nesta mesa, o Senhor, por meio do Seu Espírito, fortalece a nossa fé e nos alimenta para a vida eterna.

Dia do Senhor 30 [Sermão 03]

Já estamos no terceiro domingo tratando sobre o assunto mais discutido em todo o catecismo: a Santa Ceia. O catecismo não faz isto por acaso, mas de fato considera o assunto da mesa do Senhor algo de extrema importância.

Categorias

- Advertisement -spot_img

NOSSO BOLETIM

Recebe no seu email notícias sobre nossas últimas publicações.

- Advertisement -spot_img

Talvez você queira lerSermões
Recomendamos os artigos abaixo

Êxodo 02:01-10

Queridos irmãos em Jesus Cristo, O plano de Deus em relação à sua vida, como está? Deus está governando a sua vida? Vocês sentem a mão poderosa de Deus na sua vida? Muitas pessoas não sabem responder estas perguntas.

1 João 02.01-02 [Sermão]

Todos os seres humanos têm uma coisa em comum: Todos nós somos descendentes de Adão e, portanto, possuímos uma natureza pecaminosa.

Dia do Senhor 28 [Sermão 02]

Há quase 3,500 anos, quando o sol estava se pondo, um povo estava preparando uma refeição. Os Israelitas estavam preparando uma refeição para comer antes de deixar a terra de Egíto. Mas que refeição estranha! Mataram um cordeiro, e colocaram o sangue acima e aos dois lados da porta da casa; comeram a carne com pão sem fermento, e com ervas amargas. Comeram à pressa, prontos para viajar: “lombos cingidos, sandálias nos pés e cajado na mão”.